'O espelho reflecte certo; não erra porque não pensa.
Pensar é essencialmente errar.
Errar é essencialmente estar cego e surdo'
Alberto Caeiro

Sentidos

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Do peito que dói...

se tiveres medo de se apaixonar...
não faz-se difícil entender...
sentir o coração rasgar...
e sentir a alma arder...

mas lembre-se de como é doce...
o cheiro inebriante da pele...
melhor se para sempre fosse...
o gosto viciante do beijo...

porém fugaz, tudo se faz...
mas o que senti por ti, desejo...
não quer passar, meu corpo pede mais
uma silhueta na penumbra

uma mão tímida e quente...
depois o corpo quente que deslumbra..
doce ópio de loucura ardente
como uma chama que queima e atrai


Hugo Roberto Bher

3 comentários:

Denise disse...

Escrevi sobre esse querer dia desses.
Penso que vez ou outra teremos o coração partido,mas não tentar viver um grande amor.........é talvez mais doido que a dor de "partir" por viver.

Lindo demais tudo aqui

carinho
Denise

Teresa Queiroz disse...

é um vicio ... o pior de todos :)

CelyLua - O blog das Letras disse...

Encantadoras as palavras...
Texto brilhante!!!
Li e fiquei super emocionada, adorei...
Com apreço e reverencia.
CelyLua.

Muito obrigada!

Copyright © - EspelhoSentido - is proudly powered by Blogger