'O espelho reflecte certo; não erra porque não pensa.
Pensar é essencialmente errar.
Errar é essencialmente estar cego e surdo'
Alberto Caeiro

Sentidos

sexta-feira, 31 de julho de 2009

Há palavras que nos beijam

Há palavras que nos beijam
Como se tivessem boca,
Palavras de amor, de esperança,
De imenso amor, de esperança louca.

Palavras nuas que beijas
Quando a noite perde o rosto
Palavras que se recusam
Aos muros do teu desgosto.

De repente coloridas
Entre palavras sem cor,
Esperadas, inesperadas
Como a poesia ou o amor.

(O nome de quem se ama
Letra a letra revelado
No mármores distraído,
No papel abandonado)

Palavras que nos transportam
Aonde a noite é mais forte,
No silêncio dos amantes
Abraçados contra a morte.

Alexandre O’Neill

6 comentários:

sonho disse...

Há palavras que nos beijam...outras que nos magoam como se fossem flechas que acertam em cheio no nosso coração...
Bom fim de semana
Beijo de um anjo

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

A amizade é assim:
É sentir o carinho,
É ouvir o chamado.
É saber o momento
de ficar calado.
Amizade é somar
alegrias, dividir tristeza.
É respeitar o espaço,
silenciar o segredo.
È a certeza
da mão estentida.
A cumplicidade que
não se explica,
Apenas vive!

¨Olavio Roberto¨
Desejo um lindo final de semana
Abraços

Com ou Sem conclusões disse...

Coisa boa ler essa poesia agora... Palavras, palavras, palavras... Hoje me alegraram a noite!

as velas ardem ate ao fim disse...

Adoro poesia!

um abraço

Virtualmente Teu... disse...

Bela poesia.
Adoro poemas de amor.

Kiss

Rabisco disse...

Sempre gostei deste poema!
Palavras!
Quando tudo o que aqui fazemos é olhar e sentir palavras!
PaLaVrAs!
Obrigado por me trazeres, mais uma vez, estas palavras para perto de mim...

Copyright © - EspelhoSentido - is proudly powered by Blogger