'O espelho reflecte certo; não erra porque não pensa.
Pensar é essencialmente errar.
Errar é essencialmente estar cego e surdo'
Alberto Caeiro

Sentidos

domingo, 11 de outubro de 2009

Aquele nó na garganta
Não foi dado por marinheiro
Não foi dado por metade
Engoli-o por inteiro...

Aquele nó na garganta
Era de cordas bem fininhas
Que me prendeu na esperança
Que me desses o que não tinhas

Aquele nó na garganta
Desmanchou o meu pensamento
De repente fiquei sem vida
Tiraste-me o firmamento...

É complicado para mim
Desfazer-me do teu nó
Mas tu quiseste assim
Tornar-me presa ao pó...

3 comentários:

Isabel Branco disse...

Tenho um abraço para te dar, que te espera no Nova Pangeia.

Um beijinho.

EDUARDO POISL disse...

Entre o Passado, onde estão nossas recordações e o Futuro, onde estão nossas esperanças, fica o Presente, onde está nosso dever. (Sueli Phigucci)

Devido ao feriado e com a ilha e o hotel lotado nao pude estar presente no teu blogger, mais agora com tudo mais calmo vim te desejar uma linda semana com muito amor e carinho.
Um grande abraço

sonho disse...

Há nos compliados de desfazer...
Beijo de um anjo

Copyright © - EspelhoSentido - is proudly powered by Blogger