'O espelho reflecte certo; não erra porque não pensa.
Pensar é essencialmente errar.
Errar é essencialmente estar cego e surdo'
Alberto Caeiro

Sentidos

sexta-feira, 1 de maio de 2009


Assobio porque estou triste
das amarguras que a vida tece,
Assobio porque estou contente
de viver no meio de gente.
E ao assobiar denoto o tom:
recordação, doce, harém;
e conheço a essência do ser,
o assobio que a vida tem.
E então separo minha boca
um pouquito, poucosinho,
e trauteio minha vida toda,
num assobio de menino.

6 comentários:

★ Aralis ★ disse...

Adorei!
Fantástico!
Eu talvez por ser mulher, não assobio tanto, mas canto e para mim o sentimento é semelhante.

BJ

Ângelo disse...

Muito bonito poema.

A visita por estas bandas sempre me é muito proveitosa.

Abraços

Maria Faia disse...

Que jamais se perca esse "assobio de menino"!

Saudações amigas,
Maria Faia

Fabricante de Sonhos disse...

Que lindo OT!

Um assobio para cantar a vida...
Um assobio para trasformar a vida em melodia sopro e lábios...
Um assobia, para um poeta, que faz das letras seu abrigo, e também me abriga agora...

Lindo, lindo e lindo...

Ótimo final de semana!

Beijo meu, e um assobio poético!

Fabricante...

Helô Müller disse...

O "nosso assobio de menino" é eterno ! A nossa criança interior reside em nós sempre, e é ela quem nos dá alegria ...
Beijos assobiados !! rs
Helô

Manoel José de Santana(Manoel Limoeiro) disse...

Meus parabéns amiga pelo seu trabalho. Sou seu seguidor do seu blog e gostaria que vc tb fosse a minha seguidora do meu blog. Um abraço de Manoel Limoeiro de Recife-PE.

Copyright © - EspelhoSentido - is proudly powered by Blogger